Pesquisa da Arteris aponta as desculpas mais comuns que motoristas usam para desrespeitar as leis de trânsito

Pressa é justificativa preferida pelos que dirigem acima do limite de velocidade

Um estudo realizado pela Arteris, concessionária que administra várias rodovias do país, demonstra bem o comportamento dos motoristas: a maioria diz conhecer o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas suas respostas deixam claro que acima das normas do Código eles colocam suas próprias conveniências e vontades.

A pesquisa feita pela Arteris, e divulgada hoje no programa Bom dia Brasil, da TV Globo, revela as desculpas mais comuns que os motoristas utilizam para desrespeitar as leis de trânsito.

O objetivo do trabalho, segundo a concessionária, é usar o material coletado para produzir campanhas educativas sobre as consequências do desrespeito às leis de trânsito.

PRESSA É DESCULPA PARA DIRIGIR ACIMA DOS LIMITES DE VELOCIDADE:

Dentre os entrevistados, 59,3% afirmam respeitar os limites de velocidade da via. Dos 40,7% que admitiram dirigir em velocidade acima do permitido, as desculpas se dividiram entre “a pressa” (28,7%), “limites baixos” (13,4%) e “falta de atenção” (11,3%).

Para o uso do celular ao volante, principal problema hoje das autoridades de trânsito, 48,1% dos motoristas ouvidos pela pesquisa da Arteris garantiram que nunca usam o aparelho quando dirigem. Para a outra metade (51,9%) que confessou usar o celular, as desculpas vão desde ‘mexer nos aplicativos de localização e música” (37,4%) a “atender chamadas importantes” (36,1%).

Quanto ao uso do álcool, 74% dos entrevistados afirmaram nunca dirigir depois de beber. Os 26% que confessaram infringir essa norma, a primeira desculpa é que a prática acontece raramente. Mesmo assim, 25,6% se justificam afirmando ser “o único habilitado no grupo de amigos”; 20% acreditam não ficar “alterado para dirigir” e 13,9% que os trajetos são curtos.

‘Eles fazem suas próprias leis’

Elvis Granzotti, gerente de operações da Arteris, afirmou à reportagem da Globo que “quase 100% das pessoas entrevistadas admitem que conhecem a legislação e reconhecem os riscos que estão associados a estes comportamentos. Contudo, à medida que a pessoa insiste na desculpa, ela faz a sua própria lei”.

A Arteris é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.200 km em operação. Formada por nove concessionárias, ela administra rodovias nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *